segunda-feira, 29 de agosto de 2011


Uma das coisas que aprendi com pessoas de grande sabedoria é saber sair de cena, deixar o palco, sair da roda, mudar de assunto. Saber o momento exato de fazer com que os holofotes fiquem sobre os outros e não sobre você.

No mundo competitivo em que vivemos a sua presença “marcante” pode marcar demais. A sua idéia “brilhante” pode brilhar demais. A forma “inovadora” de pensar pode inovar demais. E nem sempre as pessoas estão dispostas a deixar você brilhar impunemente. É hora de sair de cena. Nem que seja por um tempo.

É preciso fazer os outros pensarem que você desistiu. É preciso dar a chance das pessoas acharem que você não quer mais estar no palco. Mas saber sair de cena é uma arte tão importante quanto saber entrar em cena. Todo ator sabe disso. Assim, é preciso sair de cena com classe. É preciso sair de cena com a discrição de um lorde inglês.

Quando as pessoas sentem-se ameaçadas por você e começam a ter respostas agressivas desproporcionais, talvez seja a hora de sair de cena. Quando você, sem ter desejado ou planejado, começa a aparecer muito na sua área de atuação ou no seu setor de trabalho, talvez seja a hora de sair de cena por um tempo. Saber sair de cena é também saber mudar de assunto.

Quando as pessoas vêm lhe perguntar e comentar sobre o seu sucesso, sobre seus bens materiais, seu possível enriquecimento, etc. querendo fazer você falar sobre você – é hora de mudar de assunto. É hora de sair de cena.

Os sábios sabem que você nada ganhará falando de você mesmo para os outros. Nem bem, nem mau. Mude de assunto. Saia de cena. Não caia nessa armadilha. Quando o embate se dará com poderosos e você conhece o poder destrutivo desses poderosos, pense bem antes de entrar no combate. Talvez você ganhe mais saindo de cena.

Deixe a briga de cachorro grande para grandes cães. Saiba sair de cena. Você terá outras oportunidades. Você ganhará outras batalhas com menos estresse, com menores esforços.

É preciso fazer um grande esforço de sabedoria para saber quando sair de cena. É preciso ter uma grande capacidade artística para saber como sair de cena. Será que temos tido a sabedoria e a arte de sair de cena, deixar o palco, mudar de assunto, na hora certa, no momento exato?

Pense nisso: a hora de falar vem sempre depois da hora de ouvir.

quinta-feira, 31 de março de 2011

Perdão, Mas eu não entendi?


Olá gente boa, faz um tempinho que não posto minhas aventuras por aqui né? Mas hoje aconteceu uma situação que vale a pena compartilhar com vocês.
Carro novo, zoião correndo solto e meu porta malas não travava. Lá vou eu rumo a concessionária. Tava malzona, labirintite, etc.... Entrei e lá veio o senhor de prancheta na mão. tem hora marcada? E eu: Não senhor, trata-se de uma emergência. Ok. Siga em frente e vire a esquerda. Encontrei um ser todo sorridente, daqueles que fazem comercial de creme dental. Todo solícito me atendeu e encaminhou para um setor onde um senhor super gentil me recebeu. Até aqui tudo bem.
Como já disse, estou com uma crise de labirintite, e não estou pra conversa.Fiquei aguardando o senhor terminar um reparo no carro da frente. O dono era um rapaz forte, bonitão, tinha lá seus 37 anos. Alto, loiro, barba por fazer, olha vou contar uma coisa. Um gato viu!. A diferença é gato mia e não fala, então ponto pro gato.

Assim que terminou de consertar o carro do jovem macebo, o senhor gentil pediu para que eu retirasse o meu carro, pra mode o bonitão sair com o dele.
Falei para o senhor do meu problema, da labirintite, ai ele foi lá e manobrou meu veículo. O bonitão pra puxar conversa, olhou para mim e mandou essa: _ "É muito complicado labirintite para EVACUAR. E eu: Como? E pensei numa rapidez. Meu ele não disse isso, tá me tirando? E pensei também. Será então por isso que ando travada? Mas ai o lindo foi logo me explicando: Sou bombeiro e para fazer uma evacuação, tipo assim - quando é preciso retirar as pessoas de dentro dos prédios, quem tem labirintite dificulta a evacuação.
Ai sim, agora ficou tudo bem explicadinho. E eu..... Ahhhhhh tahhhhhhhh.

quarta-feira, 16 de março de 2011

terça-feira, 15 de março de 2011

quinta-feira, 10 de março de 2011